DEZEMBRO DE 2016 - BOAS FESTAS -- Que o ano de 2017 nos dê coisas boas.

Ache essas e outras imagens no site ClickGrátis

domingo, 6 de fevereiro de 2011

111 - Coluna auto de Meponda para Vila Cabral



-Esta imagem datada por mim em Março de 1973, é de uma coluna auto em movimento na picada que nos levava de Vila Cabral a Meponda ou o inverso como é o caso. Só eu como autor da foto pode testemunhar o local da mesma, pois colunas militares nas picadas de Moçambique creio que se faziam todos os dias nos diversos locais onde os nossos militares estivéssem presentes. Os cenários seriam semelhantes pois os caminhos a percorrer eram picadas de terra, com mato de ambos os lados, sujeito a emboscadas e minas especialmente nas zonas onde a Frelimo tinha as suas forças.
-Esta foto para mim tem um significado muito especial, pois foi a última viagem que fui obrigado a fazer neste percurso. Assim em coluna de Nova Coimbra para Metangula, depois na lancha da Marinha (LDM) pelo lago do Niassa até Meponda e por fim a coluna a caminho de Vila Cabral, cidade onde também foi a última vêz que estive presente e me deixa muitas nostalgias, pois além da guerra, nos meses que ali estive  passei alguns bons momentos da minha vida como a generalidade dos que por ali passaram. Havia de tudo o que um cidadão pode precisar no dia a dia, embora os tempos fossem outros.  
-Aqui em Vila Cabral tomámos o comboio que nos levou a Malema (Entre-Rios), local que será abordado por mim nos próximos tempos.  
-Adeus distrito do Niassa, adeus Vila Cabral, Nova Coimbra e Massangulo, onde além de todos os problemas relacionados com a nossa missão, acabámos por ser felizes e com apenas uma baixa de relevo, um camarada furriel que ficou sem um pé numa mina anti-carro. "Apenas" digo eu se comparado com o número de mortos e feridos que outras companhias tiveram a infelicidade de contabilizar. 
-O ideal seria não ter ido nenhum militar para Moçambique, Angola, Guiné... sinal que hoje as famílias não chorariam os seus mortos e os vivos com mazelas não as estariam a sofrer.
-Afinal o que se ganhou com estas guerras por parte de Portugal e dos Portugueses na generalidade ?..
-Afinal o que é que os povos do Mundo ganham com as guerras que os seus governantes lhes impõem?..

1 comentário:

joaquimfnfonseca@gmail.com disse...

Adeus Vª Cabral,adeus Meponda adeus Luatise etodas as localidades por onde passei e onde sofri muito, fome,só as rações de combate eram levantadas por nós às cxs de 20,muito calor muita chuva,atascamentos nas picadas,para que os mantimentos não faltassem nas cªS OPERACIONAIS até que o rebentamento d'uma mina me atirou para o hospital e acabou a minha guerra mas também se passaram bons bocados e as amizades que ficaram nunca se esquecem .joaquim Fonseca