DEZEMBRO DE 2017 - BOAS FESTAS -- PARA TODOS VOTOS DE UM 2018 COM COISAS BOAS ESPECIALMENTE SAÚDE

Ache essas e outras imagens no site ClickGrátis

quarta-feira, 31 de março de 2010

67 - Local do almoço de 2010





-No próximo dia 29 de Maio (Sempre último Sábado de Maio) vai-se realizar o 13º almoço convívio da C.Caç.3468.
-Este ano será em Caldas da Rainha, mais própriamente em TORNADA, no restaurante "O Cortiço"que as fotos mostram.
-Tem estacionamento próprio e para os que não sabem, informo que a aldeia de Tornada é a sede da freguesia com o mesmo nome.
-Quem vier na A8 no sentido de Leiria/Aveiro-Lisboa, vai ter atenção na saída das portagens antes de Caldas, pois deve sair à direita para Tornada, a alguns metros antes de seguir em frente. Vai naquela saída pagar a portagem e dar a uma rotunda, que por sua vez tem logo à direita a indicação de Tornada. O restaurante fica à esquerda a cerca de 600 metros. Os que vierem do lado de Lisboa apenas saem da auto estrada  antes de entrarem nas portagens para Leiria/Aveiro pois há indicação de saída para Tornada a cerca de 500 metros à direita. Depois o caminho é igual. Não devem sair antes a não ser que queiram ir a Caldas e depois seguirem para Tornada que fica a cerca de cinco kilómetros.
-Como sabem irei enviar correio individual para todos onde irei falar no assunto.

Um abraço e boa viagem para todos.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

COMENTÁRIOS:

Anónimo disse...
Amigo Louro. Sou o Cabaço da Companhia de Caçadores de Vila Cabral, CCVC, que estava no Catur, entre Abril de 71 a Maio de 73. Voltando anos para tráz eu fui alferes miliciano do tempo dos Alfs Roque, Oliveira e do Garcês (que morreu com uma mina na picada Massangulo- Mandimba em 72, do 1º Sarg. Miguel que está nas fotos contigo, do Fur. Simão das transmissões e muitos outros. Para te recordares estou nas vossas fotos do comboio minado entre Nova Guarda e Catur junto da máquina virada e com a legenda, camarada não identificado da protecção/segurança. Se aumentares a foto verificas que se trata de um menino de 21 anos investido em alf. milic. que naquele dia foi bem apalpado....e que hoje tem 60 anos e agora te escreve. Gostaria de estar convosco. Estou em Cabanas, Quinta do Anjo, Palmela. Desculpa mas gostaria de falar contigo, o meu tm é 964980785, para se estivermos próximos vermo-nos cara a cara. Um abraço muito muito saudoso.
 Cabaço
Sábado, 03 Abril, 2010

José Louro disse...
Meu caro Amigo Cabaço:
-Fico feliz por teres comentado no meu blogue algo para dares sinal de vida. Lembro-me muito bem da tua pessoa, bastando para tal ver as fotos do descarrilamento do comboio, pois com toda a verdade se não désses sinal não conseguiria lembrar-me.
-Criei este blogue da C.Caç.3468 como forma de tentar chegar a muitos dos ex-camaradas com quem convivi de perto na passagem por Moçambique e conhecer outros que de igual modo por lá andaram nos mesmos caminhos.
-Terei todo o gosto em estar contigo, já que tenho todo o tempo por minha conta em virtude de estar reformado. Embora tenha a horta para lidar os amigos são uma prioridade.
-O meu nº de telefone é 914622400 e moro em Caldas da Rainha. Palmela não é local que vá por sistema, mas não fica assim tão longe. Se passares por aí perto diz algo que eu terei gosto em estar contigo. Podes me enviar um email para o endereço do blogue e dizeres se tens email e qual.
-Com um abraço sou ao dispôr:
José Louro
Quarta-feira, 07 Abril, 2010

terça-feira, 30 de março de 2010

66 - Grande Hotel na Beira antes e depois da independência de Moçambique






-O Amigo Justiça que como eu esteve em Moçambique como militar à força, enviou-me estas fotos relacionadas com o Grande Hotel da Beira (?).
-Quanto a datas em que as fotos foram tiradas, não há referência, embora se admita que as primeiras de cada amostra foram nos tempos da presença dos portugueses e as outras depois da independência.
-Será bom não esquecer que Moçambique não ficou em páz após essa data em virtude de haver mais que uma força militar em presença e ambas lutaram entre si para ocuparem os seus espaços. É sabido que quando há guerra em qualquer parte, os efeitos colaterais, acabam por ser significativos e esta é uma amostra de tal, o que se lamenta. 

quinta-feira, 25 de março de 2010

65 - Fotos cedidas por Adelino Alexandrino


-Para que a vida não fosse tão cruel e bélica, estes dois camaradas fazem um papel de teatro de muito bom gosto. Não sei qual o local, mas o Alexandrino disfarçado de "Mulheraço" lembro-me de em Malema (?) ter aparecido assim numa festa com um conjunto musical. O outro é o também "Ferrugento" Fernando Barros.

-NOTA: Foi com prazer que recebi as fotos que o Adelino Alexandrino me enviou, relacionadas com a nossa vida militar e dos almoços, as quais irei colocar nos seus devidos lugares.

-As da vida militar podem ser vistas na pasta relacionada "O TEU ESPAÇO RESERVADO AQUI" , que tem todo o material que os "Camaradas" me fazem o favor de enviar.

-Quanto ás fotos dos almoços convívio anuais coloquei-as na pasta relacionada com os almoços.

-Com um obrigado a todos, votos de boa saúde e um abraço: José Louro

sábado, 20 de março de 2010

64 - Fotos de Massangulo cedidas por Américo Salvador



-Há dias tive o prazer de ter recebido um email dum "Amigo" a viver em Montreal no Canadá, de nome Américo Salvador, dando-me conta de que tinha feito parte da 1ª Companhia do Batalhão 8420, que nos tinha ído render a Massangulo e que tinha fotos do quartel.
-Pois essas mesmas fotos estão ao dispôr daqueles que pretendam vê-las, sendo que para tal deverão abrir na faixa ao lado  "O TEU ESPAÇO RESERVADO AQUI".  Lá estão além desta as restantes que este ex-camarada me enviou e que nunca é de mais os meus agradecimentos.
-Ali está tudo o que os  "AMIGOS" desta causa fizeram o favor de me enviar para publicar e será onde terei todo o prazer em colocar outros assuntos dos que tiverem gosto em colaborar.

-Obrigado a todos:  José Louro

quarta-feira, 17 de março de 2010

63 - Nova Coimbra - Mina na picada para Metangula (3)


-O pessoal da "Ferrugem" a tranferir os bidons da gasolina que ficaram ainda na berliet para outro carro.

-----------------------------------------------------------------------------------------------
-A berliet minada e o buraco no chão provocado pela mina.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------
-Aqui estou com um menino que ia a passar no local ao colo da mãe. Está o meu Cabo Mecânico Silva e o Víctor Augusto, além de me aparecer na esquerda o fur.Pedrosa.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
-Esta é a última das fotos em meu poder relacionadas com o rebentamento desta mina.Este pessoal está sentado em uma sombra, a descançar e esperando por algo que me não lembro, já que o trabalho a seguir era tudo menos fácil, pois tínhamos que rebocar esta viatura para o quartel.
-Estão na foto: Furrieis Pedrosa, Louro e um G.E.(?); mais Mecânicos Silva e Alexandrino; Condutores: S.Pedro, Carvalho, Filipe, Agostinho e Alfredo Almeida; Enfermeiro Duarte; Victor Augusto e se me escapou algum que me informe. Está ainda a cadela do vaguemestre Matos.

sexta-feira, 12 de março de 2010

62 - Nova Coimbra - Mina na picada para Metangula (2)



-Esta é a segunda parte das fotos relacionadas com o rebentamento de uma mina anti-carro que uma berliet da minha companhia carregada com bidos de gasolina, accionou quando regressava a Nova Coimbra, depois de os ter ido buscar a Metangula. 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

COMENTÁRIOS:

António Monge disse...
Louro:
Desculpa lá intervir apenas para fazer duas ligeiras precisões acerca da história da mina. Nesse dia eu fui rendido pelo Martinho pois ele vinha passa o mês nas obras de Nova Coimbra e eu iria passar um mês na CCS. Para que ele não ficasse sem areia na obra ofereci-me para enquadrar o vosso pessoal da picagem e fui, logo de manhã cedo, ao lago para carregar a areia. Veio a coluna da CCS para o Lunho e, depois do almoço, sabendo que tinha chegado nova lancha e como a picagem já estava feita, o pessoal da 3468 aproveitou para ir a Metangula reabastecer. No regresso já perto das 18 horas lá estava a mina. O que eu acho que é de corrigir é que foi antes de passar sobre o pontão (não depois como é afirmado) quando se deslocava no sentido Metangula Nova Coimbra. A outra imprecisão que me parece estar na descrição é que, em minha opinião e, aqui, não tenho tantas certezas, é que o combustível dos bidons que seguim na Berliet seriam gasóleo. Acho que os de gasolina eram de transportado no Unimog 504. Parece-me que se fosse gasolina deveria ter-se incendiado.
Um abraço
António Monge
Quarta-feira, 17 Março, 2010

José Louro disse...
Caro Amigo Monge, muito gosto em te ter por cá, é um enorme prazer ter-te a acompanhar este blogue que afinal também é vosso. Irei alterar o que me dizes, mas em relação ao combustível, lembro-me bem da nossa grande surpresa pela felicidade de nenhum ter sido perfurado. Lembro que mais adiante tenho pelo menos uma foto em que tu estás com a malta da minha companhia.
-Saúde, um abração e se passares pelas Caldas ou arredores dá uma apitadela. Envia-me o teu endereço de email para o do blogue para podermos trocar mais opiniões.
José Louro
Quinta-feira, 18 Março, 2010

sábado, 6 de março de 2010

61 - Nova Coimbra - Mina na picada para Metangula (1)



-Tínhamos ido a Metangula buscar os bidons de gasolina que tinha encomendado e que vinham desde Vila Cabral em coluna até Meponda e dali nas lanchas da Marinha pelo Lago do Niassa até Metangula.
-No regresso e logo imediatamente antes de um pontão, tínhamos á nossa espera uma mina anti carro colocada com estratégia no local único onde os rodados das viaturas iriam passar.
-O resultado foi o pretendido pela Frelimo e felizmente não houve feridos a registar, pois a berliet ia muito carregada e não se rebentou qualquer dos bidons de 200 litros de gasolina que eram feitos de uma chapa galvanizada muito forte. Sorte ou destino.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------


-Aqui podemos ver a cratera que a mina provoccou, reconhecendo-se alguns dos meus ex.camaradas como o Matos, Pedrosa e condutor Jorge Carvalho junto ao buraco e os restantes são ???

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------


-Mais uma vista do acontecimento, com o pessoal a comentar talvêz a sorte que teve sem uma beliscadura.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------


-O estado em que ficou a carroceria da berliet.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------


-Também aqui estou junto ao buraco, numa foto para recordar.

terça-feira, 2 de março de 2010

60 - Metangula : Aqui comi e bebi bem, várias vezes.



RESTAURANTE MIRALAGO EM METANGULA

-Estive á espera durante algum tempo para ter esta foto em meu poder, não pela foto em si, mas para o que representa o edifício e as recordações de momentos ali vividos sentado á mesa com os Amigos, pois lá dentro funcionava um restaurante de nome  MIRALAGO.
-Pela foto datada de 15/07/2004, pode ver-se que está sem ser utilizado e em degradação, mas aquelas escadinhas para mim nunca serão esquecidas e passo a contar porquê.
-Estava a C.Caç.3468 no quartel em Nova Coimbra com todas as carências que se possa imaginar, no meio do mato e a cerca de 15/20 Km de Metangula e o pessoal sem algo para ajudar a passar o tempo a não ser imaginação para inovar. Eu e os meus camaradas especialistas não saíamos em operações no mato e passávamos o tempo por ali a conversar, jogar as cartas, os matraquilhos, tratar dos nossos assuntos das secções e por vezes até dava para pelos mais diversos motivos se fazer umas apostas. Eu e o meu amigo vaguemestre era um hábito coisa tal; não me ocorre qual o motivo, mas uma das apostas dava para entre nós quem menos cerveja bebesse teria que pagar a despesa dum almoço a dois.
-Aproveitando uma coluna para reabastecimento, lá fomos direito a Metangula e ao restaurante. Sentados á mesa começámos por mandar vir uns camarões, cerveja á garrafa para cada um e depois uns bifinhos com molho, cerveja, cerveja, por aí fora mais cerveja, e a mesa ao lado ia ficando cada vez mais cheia.
- Posso garantir que tinha crédito na casa e que não ganhei pois o meu amigo estava em melhor forma do que eu. O condutor que nos tinha levado e o resto da malta entretanto estavam á nossa espera e como a berliet era um pouco alta e nós já não conseguiamos subir, foi preciso encostar a viatura ás escadas e com ajudas lá fomos carregados para o regresso a Nova Coimbra. Voltei  uns dias depois para fazer as contas.
-Mas que grandes barris de cerveja, e que recordações da nossa juventude, regra geral de todos aqueles que como eu foram obrigados a estas andanças e os dias pareciam anos para passar.